A Central Estadual de Regulação de Leitos de Pernambuco registrou, entre os dias 21 e 27 de novembro, o menor número de solicitações de leitos de UTI Covid-19 de 2021. No período, que corresponde à semana epidemiológica (SE) de número 47, foram recebidos 227 pedidos, o que representa uma redução de 13% na comparação com a SE 46 e de 12% em relação aos últimos 15 dias. Os dados foram apresentados durante coletiva de imprensa realizada no Palácio do Campo das Princesas, na área central do Recife, na tarde desta quinta-feira (2).

Variante Ômicron 

##RECOMENDA##

Apesar da queda na demanda por leitos, o secretário estadual de Saúde, André Longo, ressaltou que o momento ainda é de precaução, sobretudo em razão da chegada da variante Ômicron no Brasil. “A nova cepa nos traz uma grande preocupação e um alto nível de incertezas. Com a Ômicron, os cuidados, como o uso correto das máscaras e a lavagem frequente das mãos tornam-se ainda mais fundamentais. São atitudes que precisam estar incorporadas ao nosso cotidiano”, explicou.

Longo também destacou a importância da testagem e da vacinação no combate ao vírus. “O processo de imunização da população precisa continuar avançando. É crucial ampliarmos ao máximo o número de pessoas vacinadas com as duas doses e também aqueles vacinados com a dose de reforço”, completou.

Obrigatoriedade do comprovante vacinal

Também presente na coletiva, o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo, lembrou que o Governo do Estado passará a exigir apresentação do comprovante vacinal completo para quem quiser acessar os estabelecimentos públicos vinculados à administração estadual. A norma foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado da última quarta-feira (1) e passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (6).

“Pedir a comprovação de vacinação completa contra a Covid para acessar prédios públicos do Estado é mais uma forma de estimular as pessoas a completarem o esquema vacinal. Nós vamos começar pelo setor público testando o que é possível e o que não é. Quem for procurar o posto de atendimento da Compesa ou do Detran-PE, por exemplo, terá que apresentar comprovação”, comentou Rêbelo.

O cantor Thiago Costa, dono do hit 'JBL pro Paredão', recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No último dia 11, o sertanejo sofreu um acidente grave ao ser atingido por uma lancha, durante um passeio de jet ski. Thiago foi socorrido e levado ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência de Belém do Pará.

De acordo com a assessoria de imprensa, o músico reagiu bem às cirurgias. "O artista foi submetido a tratamento cirúrgico com fixador externo em membro inferior direito (perna direita) e procedimento com a vascular, também fez cirurgia no antebraço direito e segue em observação, acompanhado pela esposa. Gratidão a todos pelas orações e amor com nosso 'Potência', ele ficou feliz e emocionado com tantas doações de sangue, doação de amor", explicou a equipe do artista, segundo o site Uol.

##RECOMENDA##

Após a realização de dois procedimentos cirúrgicos, Thiago Costa apresenta quadro clínico estável. Por causa da internação, os shows do cantor que estavam marcados para este mês e também para dezembro foram cancelados. Recebendo acompanhamento da equipe médica, Thiago ainda não tem previsão de deixar o hospital.

Uma criança indígena da etnia Guarani Kaiowá ficou gravemente ferida após ser atacada por um pitbull no sábado (6), em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Um fazendeiro vizinho à aldeia Panambizinho teria soltado o animal de propósito na reserva indígena.

A informação das Mulheres Nhandesy, um dos grupos de liderança da aldeia Panambizinho, aponta que a menina foi encaminhada ao Hospital Regional de Dourados, onde deu entrada na UTI.

##RECOMENDA##

O Parlamento Indígena do Brasil (Parlaíndio) criticou os recorrentes ataques de latifundiários ao povo local. “Há anos, o povo Guarani Kaiowá vem sofrendo severas ofensivas dos latifundiários da soja como chuvas de veneno, perseguições, expulsões de suas terras ancestrais, sendo a pistolagem e o assassinato de lideranças uma forma contumaz dos ruralistas da região de coibir a organização indígena”, publicou.

Conforme o MS Notícias, nenhum boletim de ocorrência foi registrado no dia do ataque e o Conselho Tutelar só foi informado na noite dessa segunda (8). A coordenadora Janine Matos apontou que nem as lideranças locais, nem os familiares, nem o próprio hospital informaram sobre o caso e que a entidade só soube do ataque através da repercussão na internet.

Ela vai visitar o hospital nesta terça (9) para adquirir informações pessoais e verificar o estado de saúde da criança. A expectativa é que o Conselho Tutelar acione as autoridades para abrir investigação, pois uma das linhas é de que o pitbull tenha sido doado para um indígena.

Hospitalizado desde o dia 30 de agosto no Albert Einstein, em São Paulo, Pelé deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) nesta terça-feira, de acordo com comunicado divulgado pelos médicos que o assistem. O Rei do Futebol estava internado desde o dia 4 de setembro para a retirada de um tumor no cólon direito, uma parte do intestino. Aos 80 anos, Pelé foi transferido para um quarto a fim de continuar seu processo de recuperação. Ele segue sob cuidados médicos e a recuperação é considerada boa.

"O paciente Edson Arantes do Nascimento apresenta boa condição clínica, e recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Permanecerá, a partir de agora, em recuperação no quarto", informou o boletim médico divulgado nesta terça-feira.

##RECOMENDA##

Na segunda-feira, a filha de Pelé, Kely Nascimento, postou uma foto e mensagem nas redes sociais afirmando que o Rei estava de bom humor e se recuperando bem da cirurgia. As redes sociais têm sido uma ferramenta frequentemente usada pelo ex-jogador também para informar sobre seu quadro clínico. Nelas, Pelé conta sobre seu estado de saúde e agradece aos fãs pelo carinho. Na semana passada, ele publicou dois recados.

"Meus amigos, muito obrigado pelas mensagens de carinho. Eu agradeço a Deus por estar me sentindo muito bem e por permitir que o Dr. Fábio e o Dr. Miguel cuidem da minha saúde. No último sábado, fui submetido a uma cirurgia de retirada de lesão suspeita no cólon direito. O tumor foi identificado na realização dos exames que mencionei na última semana", disse Pelé.

Otimista, o Rei afirmou que está acostumado a comemorar grandes vitórias ao lado dos fãs. "Vou encarar mais essa partida com um sorriso no rosto, muito otimismo e alegria por viver cercado de amor dos meus familiares e amigos."

Quatro dias depois, Pelé informou que se sentia um pouco melhor e estava ansioso para voltar a 'jogar'. "Enquanto estou por aqui, aproveito para conversar muito com minha família e para descansar. Obrigado novamente por todas mensagens de carinho. Logo mais estaremos juntos novamente!", garantiu. Não há previsão para ele deixar o hospital. Mas se tudo correr bem, ele poderá ir para casa mais perto do fim de semana.

Neste sábado (11), o Brasil atingiu mais de 70 milhões de brasileiros imunizados com as duas doses da vacina, ou dose única, contra a Covid-19. Segundo o Ministério da Saúde, este número representa quase 44% da população maior de 18 anos com o ciclo vacinal completo.

"Enquanto a dose dois chega cada vez mais rápido aos brasileiros, de norte a sul do país, a primeira dose também segue em ritmo acelerado, com 136,9 milhões de aplicações, ou seja, mais de 85% da população adulta vacinável recebeu ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19, o que começa a gerar sentimento de segurança, confiança esperança por dias melhores", diz o ministério.

##RECOMENDA##

O avanço da imunização no país está refletindo nas taxas de ocupação em leitos de Covid-19, UTI e enfermaria, que estão cada vez mais com leitos disponíveis. O Ministério da Saúde alerta que no Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul estão com as ocupações em alta, variando de 51% a 69%.

As médias móveis de casos e óbitos também estão em queda e registraram, nos últimos dois meses, redução de 61% e 60%, respectivamente. "Vamos continuar avançando e contando com apoio de todos. Quando assumi o Ministério da Saúde o objetivo era vacinar um milhão de pessoas por dia, número que estamos atingindo com normalidade. Se continuarmos nesse ritmo será possível vacinar todo público-alvo do país com as duas doses até o mês de outubro", reforçou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Nesta sexta-feira (10), o prefeito do Recife, João Campos (PSB), fez um balanço da campanha de imunização e apontou a queda de 84% no índice de internações em UTIs na rede pública da capital de março a agosto. O gestor também agradeceu ao público que aderiu à vacinação.

Em seus perfis nas redes sociais, João informou que a queda de internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que inclui pacientes com Covid-19, é resultado do apoio dos recifenses à vacinação.

##RECOMENDA##

Ao comentar sobre os resultados da campanha, ele destacou que 51% da população foi protegida com as duas doses ou a dose única contra o vírus e que a capital atingiu 98% da população com ao menos uma dose.

“A cada novo passo, mantendo os cuidados, cresce a nossa esperança em dias melhores”, ressaltou.

[@#video#@]

Pelé está internado na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após passar por uma cirurgia para a retirada de um tumor no cólon direito no último sábado (4). Já na na manhã desta sexta-feira (10), o Bom Dia São Paulo revelou que o craque tem chances de ser transferido para o quarto.

Depois que o próprio ex-jogador de futebol afirmou, em suas redes sociais, que estava se recuperando bem, o programa conta que Pelé está um pouco mais animado depois que seu quadro clínico apresentou leve melhora. Com isso, pode ser que ele consiga deixar a UTI e siga se recuperando no quarto ainda nesta sexta.

##RECOMENDA##

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.198/21, que regulamenta videochamadas para pacientes internados em enfermarias, apartamentos e unidades de terapia intensiva (UTIs), impossibilitados de receber visitas de seus familiares. A norma foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (3).

Fruto do Projeto de Lei 2136/20, do deputado Célio Studart (PV-CE) e outros, a medida foi aprovada pela Câmara dos Deputados em junho, e pelo Senado Federal, em agosto.

##RECOMENDA##

Pelo texto, os serviços de saúde propiciarão, no mínimo, uma videochamada diária aos pacientes, respeitadas as observações médicas sobre o momento adequado, os protocolos sanitários e de segurança com relação aos equipamentos utilizados.

A realização das videochamadas deverá ser previamente autorizada pelo profissional responsável pelo acompanhamento do paciente. Eventual contraindicação para as ligações deverá ser justificada e anotada no prontuário.

Pacientes inconscientes

Conforme a lei, as videochamadas serão realizadas mesmo no caso de pacientes inconscientes, desde que previamente autorizadas pelo próprio paciente enquanto tinha capacidade de se expressar de forma autônoma, ainda que oralmente, ou por familiar.

O serviço de saúde zelará pela confidencialidade dos dados e das imagens produzidas durante a videochamada e exigirá firma do paciente, dos familiares e dos profissionais de saúde em termo de responsabilidade, vedada a divulgação de imagens por qualquer meio que possa expor os pacientes ou o serviço de saúde.

*Da Agência Câmara de Notícias

Íris Stefanelli fez um desabafo no Instagram. A ex-participante dos programas Big Brother Brasil e No Limite informou que a avó, Carmem, precisou ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com a influenciadora digital, a idosa sofreu um acidente doméstico. "Venho pedir orações pra minha vó e madrinha', iniciou ela no texto.

E prosseguiu: "Ela tropeçou no chinelo, caiu e quebrou quadril e fêmur, está indo para a UTI a base de morfina. Tenho certeza e fé em Deus que ela vai superar mais essa, e fazer o que sempre ama, se encontrar novamente com a família, viver a vida feliz sem dor como sempre foi. Ah, vozinha, se eu pudesse transferir sua dor pra mim seria agora".

##RECOMENDA##

Reforçando o pedido de rezas aos seguidores, Íris recebeu muitas mensagens carinhosas. "Que sua vó tenha breve recuperação", comentou um dos internautas na publicação. Outra pessoa comentou: "Que o Senhor possa ir ao encontro dela na UTI. Melhoras para ela".

Veja:

[@#video#@]

Pela primeira vez desde abril de 2020 nenhuma das 645 cidades do estado de São Paulo está com o índice de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) dedicadas ao tratamento da Covid-19 em 100%. A taxa foi registrada pelo governo estadual nesse sábado (21) e é considerada como um marco no resultado do avanço da vacinação e medidas de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus. Segundo os dados do governo, atualmente há 7.495 pessoas hospitalizadas com Covid-19, sendo 3.842 em UTI e 3.653 em enfermarias.

De acordo com as informações de monitoramento do Censo Covid, realizado pelo governo estadual desde abril de 2020, em 30 de março de 2021, pico da segunda onda, chegou a 87 o número de cidades com ocupação integral dos leitos de Terapia Intensiva. Isto representa que, naquele contexto, 13% de todos os municípios de São Paulo estavam com a rede sobrecarregada.

##RECOMENDA##

“Este número chegou a ser quatro vezes maior no auge da segunda onda, ultrapassando 31 mil pacientes em leitos reservados para casos graves da doença. Naquele contexto, a taxa de ocupação de UTIs chegou a ultrapassar 92% no estado. Nesta data, é de 40,3% em todo o território paulista, e de 38,5% na Grande São Paulo”, diz o governo de São Paulo.

No decorrer da pandemia, houve 4.209.421 casos, dos quais 3.929.437 já estão recuperados, incluindo 437.819 que foram internados e receberam alta hospitalar. Houve 144.185 óbitos.

O empresário do ramo de usinas, ex-senador e ex-deputado federal por Alagoas, João Lyra, faleceu, aos 90 anos, nesta quinta-feira (12), em um hospital particular de Maceió (AL). Ele estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em decorrência de um processo chamado “broncoaspiração”, que ocorre quando o alimento entra pelas vias aéreas. As informações são do G1.

Nos últimos 3 meses, Lyra foi infectado pela Covid-19, teve pneumonia e passou por uma cirurgia de apêndice. Segundo o G1, a família afirmou que, após se recuperar da infecção pelo coronavírus, o político precisou ser internado novamente com problemas respiratórios. As complicações são apontadas como razão do óbito.

##RECOMENDA##

João Lyra foi deputado entre os anos 2003 e 2007, retornando de 2011 até 2015. Ele também era conhecido por ostentar o título de “parlamentar mais rico do país”, com um patrimônio avaliado em cerca de R$ 400 milhões. Além disso, foi senador pelo PSD entre os anos 1989 e 1991.

O ex-parlamentar chegou a contestar o resultado das eleições de 2006, quando foi candidato ao governo de Alagoas e acabou derrotado por Teotonio Vilela (PSDB). Após o processo eleitoral, Lyra ajuizou processo na Justiça eleitoral, alegando fraude ou erro nas urnas eletrônicas. Não conseguiu, contudo, provar a suposta falha, e foi processado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em 2014 o grupo de empresas do usineiro decretou falência, e soma uma dívida de mais de R$ 3 bilhões em processos de credores e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Naquele mesmo ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) abriu uma ação penal contra o ex-deputado por trabalho escravo em uma de suas usinas.

João José Pereira de Lyra nasceu no Recife (PE) e formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

A ocupação de leitos de UTI destinados a pacientes de covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS) está abaixo de 80% em todos os Estados pela primeira vez desde outubro de 2020, aponta edição extraordinária desta quarta-feira, 11, do Boletim Observatório Covid-19 Fiocruz. Reunidos na segunda-feira, 9, os dados indicam que se trata do melhor cenário desde quando o grupo começou a monitorar esse índice, em julho de 2020.

Segundo o boletim, 14 Estados apresentam taxas inferiores a 50%: Acre (13%), Pará (48%), Amapá (26%), Piauí (48%), Ceará (47%), Rio Grande do Norte (34%), Paraíba (22%), Pernambuco (41%), Alagoas (26%), Sergipe (35%), Bahia (43%), Minas (47%), Espírito Santo (42%) e São Paulo (46%).

##RECOMENDA##

Por outro lado, cinco Estados estão na zona de alerta intermediário. Mato Grosso e Goiás, aponta a Fiocruz, registraram as maiores taxas de ocupação, com, respectivamente, 79% e 78% dos leitos de UTI covid para adultos ocupados.

Encontram-se ainda na zona de alerta Rondônia (64%) e Roraima (70%). A Fiocruz, no entanto, aponta que a elevação do indicador pode corresponder à redução de leitos de UTI para covid-19 para adultos no SUS, "provavelmente em um processo de gerenciamento de leitos frente à queda na demanda, e não ao aumento de leitos ocupados".

Na faixa entre 50% e 60% de ocupação, estão Amazonas (54%), Tocantins (58%), Maranhão (52%), Paraná (59%), Santa Catarina (56%), Rio Grande do Sul (57%), Mato Grosso do Sul (56%) e Distrito Federal (59%).

Delta em alta no Rio de Janeiro

Recordista no número de casos da variante Delta, com 206 registros, o Estado do Rio apresentou crescimento do indicador nas duas últimas semanas e registra agora taxa de 67%. Mais transmissível, a cepa identificada originalmente na Índia tem freado reaberturas econômicas pelo mundo e colocado autoridades em alerta.

Nas capitais, Rio e Goiânia têm taxas altas

Em relação às capitais, a cidade do Rio (97%) e Goiânia (92%) são as mais preocupantes, mantendo taxas críticas há semanas. Além delas, seis capitais estão na zona de alerta intermediário: Porto Velho (63%), Boa Vista (70%), São Luís (64%), Curitiba (65%), Campo Grande (65%) e Cuiabá (74%).

Por sua vez, 19 capitais estão fora da zona de alerta: Rio Branco (12%), Manaus (54%), Belém (44%), Macapá (29%), Palmas (53%), Teresina (39%), Fortaleza (53%), Natal (34%), João Pessoa (19%), Recife (39%), Maceió (25%), Aracaju (43%), Salvador (38%), Belo Horizonte (57%), Vitória (36%), São Paulo (43%), Florianópolis (31%), Porto Alegre (59%) e Brasília (59%).

Mudança reflete avanço da vacinação, dizem cientistas

Os pesquisadores da Fiocruz ressaltam que o resultado reflete os ganhos adquiridos com o avanço da vacinação no País. "Considerando que ainda são altos os níveis de transmissão de casos e óbitos, a vacinação deve ser ampliada e acelerada, além de combinada com o uso de máscaras e distanciamento físico, para manutenção e avanços nos resultados", orientam.

A análise aponta ainda que o quadro de melhora nas taxas de ocupação de leitos acontece simultaneamente ao processo de redução significativa dos leitos disponíveis à covid-19 no Distrito Federal e em muitos Estados. Ou seja, apesar de menos leitos estarem disponíveis, as taxas de ocupação seguem em declínio. Em relação à semana anterior, a análise constatou ainda que o número de óbitos reduziu 1,1%. Já a incidência de novos casos diminuiu 0,8% por dia.

"Ampliar a vacinação completa para todos os elegíveis torna-se fundamental neste momento, incluindo campanhas e busca ativa para os que ainda não tomaram a 2ª dose das vacinas que envolvem duas doses, como a Coronavac, a AstraZeneca e a Pfizer", destacam os pesquisadores do Observatório.

A circulação de novas variantes do vírus, observam os pesquisadores, tem aumentado as infecções, mas não necessariamente o número de casos graves. Isso acontece por causa da imunização de grupos populacionais mais vulneráveis, como os idosos e portadores de doenças crônicas.

Apesar dessa observação, os cientistas alertam que, por mais que as vacinas contribuam para a redução de casos graves, internações e óbitos, a possibilidade de surgimento e espalhamento de novas variantes de preocupação exige esforço para manter os serviços de vigilância em saúde em alerta, com ampla testagem, detecção de casos, isolamento e quarentena.

Tarcísio Meira e Glória Menezes continuam hospitalizados por causa do novo coronavírus. Segundo comunicado divulgado na noite da última segunda-feira, dia 9, o ator ainda está intubado na UTI e reage bem ao tratamento:

"O Tarcísio segue intubado na Unidade de Terapia Intensidade (UTI) desde a última sexta-feira, dia 6. Graças a Deus, ontem ele apresentou melhoras e está reagindo muito bem ao tratamento. Também foi descartada a necessidade de fazer hemodiálise (tratamento que é comum fazer em pessoas com o estado grave da doença)".

##RECOMENDA##

A atriz apresenta melhora no quadro, mas ainda não tem previsão de alta:

"Desde ontem a Glória apresenta uma significativa melhora e já está conversando, mas infelizmente os médicos avisaram que não há previsão de alta no momento".

Recentemente, a nora de Tarcísio e Glória afirmou que o casal foi contaminado com a doença por causa de um descuido. Já o filho deles, Tarcísio Filho, afirmou que os pais estão bem.

O ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Neurológico de Goiânia. Segundo boletim médico deste sábado (7), o paciente está intubado e em estado crítico. Ontem (6), o político, de 87 anos, passou por uma cirurgia cerebral para drenar um sangramento na região temporal. A informação foi confirmada em tempo real pelo atual governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), que acompanha a evolução do quadro de saúde ao lado da filha de Rezende, Ana Paula. Segundo o governador, a hemorragia seria pelo uso de anticoagulantes.

Iris fez tomografias e os exames indicaram que as funções dos órgãos estão normais. Apesar de não apresentar complicações, ainda não há previsão de alta. O ex-prefeito precisou ser internado após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico. Ele passou por uma operação que durou quase quatro horas e foi bem-sucedida.

##RECOMENDA##

O AVC hemorrágico ocorre quando há rompimento de um vaso cerebral. Segundo o boletim, a tomografia mostrou que ele estava com uma hemorragia enorme no lobo temporal direito e, como ele fazia uso de anticoagulantes, a equipe decidiu pela cirurgia de urgência.

[@#video#@]

O ator Tarcísio Meira testou positivo para a Covid-19. Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o marido de Glória Menezes precisou ser intubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O veterano em novelas foi internado na tarde dessa sexta-feira (6). Ele também vai ter que passar por sessão de hemodiálise. Glória também foi infectada pelo coronavírus, chegou junto com o marido ao hospital, mas seu estado de saúde é menos grave.

Sucesso na história da teledramaturgia brasileira, Tarcísio está afastado da telinha há três anos. No currículo, o ator de 85 anos eternizou grandes personagens em tramas na TV Tupi e Globo. Novelas como 2-5499 Ocupado, Rosa Rebelde, Irmãos Coragem, Escalada, Guerra dos Sexos, Roda de Fogo, Araponga, Um Anjo Caiu do Céu, O Beijo do Vampiro, Páginas da Vida, A Lei do Amor e Orgulho e Paixão marcaram a carreira dele.

##RECOMENDA##

No ano passado, durante uma participação no programa Conversa com Bial, Tarcísio Meira falou do seu desligamento da Globo. "Eu acho que a Globo está tomando novos e diferentes rumos, o que acho muito bom, acho ótimo. Agora, para nós mais velhos, o novo é sempre um desafio. Nos acomodamos bem na Globo. Fizemos boas coisas, bons trabalhos, e temos a certeza de que fomos muito importantes para a Globo, e ela foi muito importante para nós. Nós devemos muito à Globo", disse.

Casados desde o início da década de 1960, Tarcísio e Glória Menezes trabalharam na emissora de Roberto Marinho durante 53 anos. A química deles em cena era tão intensa que a Globo produziu o seriado Tarcísio & Glória. O projeto foi exibido de abril a dezembro de 1988.

Na última semana, um atleta inglês de 42 anos morreu de Covid-19, após se recusar a receber a vacina contra a doença. John Eyers, de Southport, na Inglaterra, que praticava atletismo amador, escalava montanhas e levantava pesos. Pai, Eyers deixa também uma irmã gêmea e a sua mãe, com quem morava. Segundo o jornal britânico The Guardian, a irmã Jenny McCann o descreveu como “a pessoa mais apta e saudável que conheço”. Ela acrescentou que seu irmão escalou montanhas galesas e acampou quatro semanas antes de morrer.

A vítima foi levada à unidade de terapia intensiva após contrair o coronavírus, dizendo ao seu consultor antes de ser ventilado que gostaria de ter sido vacinado. A irmã disse que a morte de seu irmão foi "uma tragédia".

##RECOMENDA##

“Ele achava que se contraísse a Covid-19, ele ficaria bem. Pensou que teria uma doença leve. Ele não queria colocar uma vacina em seu corpo. O (corpo) dele estava cheio de todas as drogas do hospital. Eles jogaram tudo contra ele”, disse McCann no Twitter. “Não deveria ter acontecido. Ele deixa uma mãe e um pai, uma irmã (eu) e uma filha de 19 anos. Meus dois filhos perderam seu tio divertido. O tio que sempre brincava com eles”

Tributos também vieram dos amigos de Eyers, com muitos o descrevendo como "uma pessoa incrivelmente em forma" e "uma das pessoas mais ativas e em forma" que eles conheciam.

Um amigo escreveu: “Ele tinha um grande amor por esportes e fitness competindo em fisiculturismo, triatlo, escalada e muito mais. Ele me ajudou alguns anos atrás, quando eu estava competindo enquanto eu estava lutando com minha preparação e ele foi o suporte e orientação extra que eu precisava para me ajudar no show”.

Os profissionais de saúde e os pacientes da Covid falam cada vez mais sobre o sentimento de arrependimento por não terem sido vacinados depois de ficarem gravemente doentes.

A Dra. Samantha Batt-Rawden, registradora sênior da unidade de terapia intensiva, disse que encontrou apenas um paciente em cuidados intensivos que recebeu as duas doses de vacinação e que a “vasta maioria” das pessoas que ela atendia não estava “completamente vacinada”.

Batt-Rawden disse que era difícil testemunhar a expressão de arrependimento no rosto dos pacientes quando eles ficavam doentes e precisavam usar um respirador. “Você pode ver que eles cometeram potencialmente o maior erro de suas vidas [em não tomar a vacina], o que é muito difícil”, disse ela, acrescentando que tinha ouvido pessoas contando aos membros da família sobre seu remorso.

A semana epidemiológica de número 29, encerrada pela secretaria de Saúde de Pernambuco no último sábado (24), trouxe números mais brandos aos índices da Covid-19 no estado. Pela primeira vez em 2021, a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI) é inferior aos 50%. Segundo o secretário da pasta, André Longo, foram registrados 442 solicitações por leitos do tipo, uma queda de 20% em relação à semana epidemiológica anterior. As informações foram divulgadas em coletiva desta quarta-feira (28).

Além disso, houve também queda no número de casos da doença. Foram notificados 606 registros, o que representa uma queda de 14,6% em uma semana, e de 34% em 15 dias. Os números se assemelham aos de novembro de 2020. Por causa da inclinação positiva dos registros, o estado terá nova flexibilização das atividades socioeconômicas, com vigor a  partir da próxima segunda-feira (2).

##RECOMENDA##

“Apesar de estarmos dando passos para a frente, os indicadores positivos não nos permitem abdicar dos cuidados, esses indicadores são frutos de um esforço muito grande e que não podemos colocar em risco. Reforço o uso correto da máscara, cobrindo boca e nariz, o distanciamento e o cumprimento dos protocolos setoriais que são o caminho para continuarmos avançando rumo a uma normalidade”, destacou Longo.

O chefe da Saúde também comentou sobre o avanço da vacinação em Pernambuco. Entre ontem (27) e hoje (28), o estado recebeu mais 506 mil doses de diferentes vacinas contra a Covid-19, o maior quantitativo entregue em uma só semana pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). Todas as doses estarão à disposição dos municípios a partir desta quarta-feira (28) e destas, 369.193 (cerca de 73%) serão destinadas à aplicação da segunda dose. André Longo também chamou a atenção dos faltosos à segunda dose, relembrando que, com exceção da Janssen, nenhuma outra vacina é dose única.

“As vacinas além de seguras e eficazes, são essenciais para superarmos a pandemia. Muitas pessoas estão deixando de retornar para concluir o esquema vacinal. É fundamental que a gente tenha esse retorno para a segunda dose. Tirando a Janssen, todas as outras vacinas foram desenvolvidas para aplicação em duas doses e só efetivam a proteção se for completado esse esquema. Com a primeira dose, nosso sistema de defesa começa a produzir os anticorpos, mas é com a segunda que a resposta imunológica acontece de forma mais intensa, aumentando a eficácia e a tornando duradoura”, continuou.

Antecipação da segunda dose da AstraZeneca

Durante coletiva, André Longo voltou a declarar que a antecipação da segunda dose do imunizante da Oxford, cuja recomendação preferível é de que aconteça entre 85 e 90 dias, poderá ocorrer conforme disponibilidade de estoque. Segundo o secretário, o adiantamento é seguro, consta na bula da solução e só não é feito em maior escala pois não há disponibilidade de vacinas em todo o país.

“Tomamos essa decisão a partir do comitê estadual de imunização. Definimos que havendo estoque de segunda dose disponível nos municípios, é possível a utilização desse imunizante entre 60 e 90 dias. Isso está na bula da AstraZeneca e está sendo feito em vários países, inclusive na Inglaterra, que é o país de origem da vacina. Entendemos que é seguro, traz uma maior proteção para as variantes, especialmente a Delta, e por isso se determina a antecipação. Só é possível fazer se houver estoque. O PNI só não toma essa decisão em nível nacional pois não há disponibilidade. Já se cogita no PNI também a antecipação da segunda dose da Pfizer, mas até o momento, ainda não há essa afirmação”, esclareceu.

Flexibilização VS. crescente na média móvel de mortes

Segundo André Longo, os dados obtidos pelo consórcio de veículos de imprensa, que registram aumento de 22% na média móvel de mortos pela Covid-19, não contam com o datamento preciso dos óbitos, pois houve atraso por parte dos serviços privados no momento de informar o registro de mortes.

“Isso compromete a média móvel da semana e faz com que a gente interrompa o ciclo de diminuição da média móvel, que é o que se corresponde às ocorrências por data desse último mês. A gente tem percebido uma redução, por data de ocorrência, desse numero de óbitos, o que é consequência da redução do número de pessoas nos leitos de terapia intensiva. Temos menos de 750 pessoas em terapia intensiva, metade das pessoas que precisavam desses leitos há 45 dias”, disse o secretário.

Inclusão de adolescentes de 12 a 17 anos

A estimativa é de que cerca de um milhão de adolescentes, entre 12 e 17 anos de idade, sejam contemplados pelos grupos prioritários da vacinação no futuro. Segundo Longo, “o que ficou pactuado é que se aguardará a distribuição das vacinas para atender as populações acima de 18 anos, e aí a partir de setembro, espera-se, passamos a vacinar também esse grupo de adolescentes, com prioridade aos com alguma comorbidade, o que potencializa o acometimento de doença mais grave. Foi a decisão do PNI e Pernambuco decidiu seguir a recomendação”.

[@#video#@]

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco anunciou, nesta quinta-feira (22), que pela primeira vez, desde o início de janeiro deste ano, Pernambuco registrou menos de 800 pacientes internados em leitos de UTI para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) na rede pública. 

Segundo o secretário de Saúde André Longo, o Estado continua assistindo a um cenário de desaceleração dos indicadores da Covid-19 em todas as regiões. Na Semana Epidemiológica (SE) 28, encerrada no último sábado (17), os casos de SRAG voltaram ao patamar do final do ano passado.

##RECOMENDA##

“Foram 705 notificações, o que representa queda de 23% em relação à SE 27 e de 28% em 15 dias. Já nas solicitações por leitos de UTI, tivemos uma queda de 8,6% entre as semanas 28 e 27. Com isso, as taxas de ocupação, mesmo com a redução progressiva de leitos, permanecem em patamares baixos, próximos a de 50%”, informou Longo. 

Para o secretário, o cenário positivo é fruto de uma combinação de fatores essenciais: “Primeiro, a compreensão da grande maioria da população, que assumiu a responsabilidade com a proteção de toda a sociedade. Mas reforço que os próximos passos ainda dependem das nossas atitudes”.

Longo acentua que “neste momento em que a variante Delta, que já tem transmissão comunitária em alguns Estados, traz uma preocupação adicional em todo o mundo, precisamos acelerar a vacinação e fazer com que as pessoas completem todo o esquema vacinal".  

O Senado deve analisar neste segundo semestre o Projeto de Lei (PL) 2.136/2020, que tem o objetivo de regulamentar a prática de visitas virtuais de familiares a pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTIs). De acordo com a proposta, a visita virtual seria feita por meio de videochamadas (em celulares ou computadores, por exemplo) para permitir aos pacientes entrarem em contato com os familiares — uma vez que, em várias situações, o quadro de saúde é grave e não há oportunidade de visitas presenciais devido a medidas de isolamento.

O texto original do projeto — de autoria do deputado federal Célio Studart (PV-CE) e subscrito pelos deputados federais Celso Sabino (PSDB-PA) e Luisa Canziani (PTB-PR) — tratava da visita a pacientes internados por Covid-19. Mas a deputada federal Soraya Santos (PL-RJ) apresentou um substitutivo, aprovado pela Câmara em junho, que estende essa regulamentação a todos os internados em enfermarias, apartamentos e UTIs.

##RECOMENDA##

O texto destaca que a visita virtual deverá ocorrer levando em conta o momento adequado definido pelo respectivo corpo de profissionais de saúde.

Para o senador Confúcio Moura (MDB-RO), que preside a Comissão Temporária da Covid-19 (colegiado formado por senadores que analisa as ações de enfrentamento da pandemia), a proposta é oportuna.

"O projeto tem uma grandeza de alma muito grande. Todo mundo sabe como fica a situação de um parente que tem um pai, uma mãe ou irmão internado numa UTI, intubado, e a gente não sabe a situação dele, só pelos boletins médicos, pelas informações ocasionais, mas a gente precisa ver, a gente precisa enxergar, olhar a situação", disse Confúcio Moura em entrevista à Rádio Senado.

De acordo com o texto, a realização das videochamadas deverá ser previamente autorizada pelo profissional responsável pelo acompanhamento do paciente. Se houver contraindicação para as videochamadas, os profissionais de saúde deverão justificar e anotar isso no prontuário do paciente. O projeto prevê pelo menos uma videochamada por dia, com os cuidados para que não sejam exibidas imagens que possam expor o paciente ou os serviços de saúde.

A proposta estabelece que as visitas virtuais deverão obedecer aos protocolos de segurança e saúde. Também estabelece que essas visitas poderão ocorrer mesmo com os pacientes inconscientes, desde que previamente autorizadas pelo próprio paciente (enquanto este gozava de capacidade de se expressar de forma autônoma, ainda que oralmente) ou por familiar.

O projeto determina ainda que o serviço de saúde zelará pela confidencialidade dos dados e das imagens produzidas durante a videochamada e exigirá firma do paciente, de familiares e de profissionais de saúde em termo de responsabilidade, sendo proibida a divulgação de imagens por qualquer meio que possa expor pacientes ou o serviço de saúde. Os serviços de saúde serão também responsáveis, de acordo com o texto, pela operacionalização e pelo apoio logístico para o cumprimento do estabelecido no projeto de lei.

O deputado Célio Studart destaca que a visita virtual a pacientes internados com Covid-19 já está sendo implementada em diversos hospitais no país. “A própria UTI neonatal da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará (UFC), é um exemplo de sucesso, onde mães tiveram a oportunidade de ter contato com seus filhos. Assim como o caso Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, em que as famílias dos pacientes também puderam acompanhar seus entes queridos. Tal experiência aumenta a imunidade emocional e, assim, colabora com a saúde dos pacientes. Vale ressaltar que a presente propositura surgiu por meio de uma sugestão da senhora Silvana Andrade, fundadora e presidente da Agência de Notícias de Direitos Animais (Anda)”, destacou o deputado na justificativa do projeto.

*Das Agências Câmara e Senado

Após ser diagnosticado com a Covid-19 em 13 de julho de 2021, o jornalista Chico Garcia acabou sendo transferido para a Unidade de Terapia Intensiva no dia 19 de julho.

A informação foi confirmada por sua esposa, a também jornalista Mila Alves, que ainda tranquilizou sobre a situação do repórter esportivo da Band.

##RECOMENDA##

"Amigos, como o Chico está passando pelo auge da doença, está na UTI para um melhor acompanhamento. Ele está acordado e o quadro é estável. Ele está precisando de pouco oxigênio para manter uma boa saturação. Segue fazendo fisioterapia respiratória, o que está ajudando muito. Só está muito cansado. Não há previsão. Seguimos aguardando a regressão da doença. Agradeço as orações e boas energias. Com certeza estão fazendo a diferença", disse.

O também comentarista, conhecido por atuar no programa Jogo Aberto havia admitido na época do diagnóstico sintomas como febre baixa e dor no corpo, além de uma dor de garganta.

Páginas