A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, neste sábado (21), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 529 novos casos da Covid-19, além de quatro óbitos.

Dos novos registros, quatro são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 525 são leves. Pernambuco totaliza 932.358 casos confirmados da doença, sendo 58.594 graves e 873.764 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam quatro mortes, ocorridas entre o dia 27 de janeiro e 27 de fevereiro deste ano. Com isso, o Estado totaliza 21.686 mortes pela Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta sexta-feira (20), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 60 novos casos da Covid-19, além de quatro óbitos.

Dos novos registros, quatro são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 56 são leves. Pernambuco totaliza 931.829 casos confirmados da doença, sendo 58.590 graves e 873.239 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam quatro mortes, ocorridas entre o dia 27 de janeiro de 2022 e o último dia 4 de março. Com isso, o Estado totaliza 21.682 mortes pela Covid-19.

Um levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) sobre a situação da dengue no estado aponta que do dia 2 de janeiro ao dia 3 de maio deste ano, Pernambuco teve um aumento de 36,6% - quando comparado com o mesmo período de 2021 -, dos casos suspeitos notificados. 

Já são 19.341 casos notificados, 1.411 confirmados e 5.116 descartados. No mesmo período, os registros de Chikungunya cresceram 67,2%. Neste ano, essa doença infecciosa febril teve 11.682 notificações, enquanto do dia 2 de janeiro ao dia 3 de maio do ano passado, a realidade era de 6.987 casos suspeitos. A SES confirmou 2.136 casos, enquanto 1.917 foram descartados.

##RECOMENDA##

Até agora, os casos da zika foram os que apresentaram uma redução de 33,8% neste ano. São 873 casos notificados em 2021, contra 1.319 suspeitos do ano passado. O último levantamento da secretaria não confirmou nenhuma pessoa com a doença e descartou 398.

Recife

A Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife explica que até a semana epidemiológica (SE) 16 foram confirmados 97 casos de dengue e 58 casos de chikungunya. Em comparação ao mesmo período do ano anterior, houve redução de aproximadamente 80% dos casos notificados e uma queda de 91% dos casos confirmados de arboviroses.

A Sesau esclarece que, desde abril do ano passado, tem intensificado a realização de mutirões em diversas comunidades da capital pernambucana, sempre aos fins de semana.

"Os agentes de saúde ambiental e controle de endemias (asaces) fazem a inspeção de residências e pontos estratégicos, a exemplo de borracharias e ferros-velhos, para identificar e tratar possíveis focos desses vetores, eliminando focos e aplicando larvicida biológico nos depósitos de água", salienta a pasta.

Durante todo o ano de 2021 e nos meses de janeiro e fevereiro de 2022, os asaces da Prefeitura do Recife visitaram mais de 2,8 milhão de imóveis. Além disso, a Vigilância Ambiental do Recife também realiza outras atividades continuadas para controle dos mosquitos transmissores das arboviroses, como manutenção das ovitrampas (armadilhas para monitorar a infestação do mosquito) e manutenções mensais das Estações Disseminadoras de Larvicidas nos pontos estratégicos.

Para realizar denúncias de possíveis focos, os recifenses podem ligar para a Ouvidoria Municipal do Sistema Único de Saúde, através do telefone 0800 281 1520. A Prefeitura do Recife também disponibiliza a plataforma Bora Se Cuidar contra o Mosquito no site ou no app Conecta Recife.

Ministério da Saúde

O Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), realizado pelo Ministério da Saúde, indicou que 42% dos criadouros do mosquito da dengue estão em depósitos de água para consumo humano. 

Para o Ministério da Saúde, esse número reforça a importância da participação da população no combate à proliferação do Aedes aegypti, uma vez que o mosquito se mostra cada vez mais habituado ao ambiente doméstico.

O levantamento apontou também que depósitos móveis, fixos e naturais aparecem como segundo maior foco de procriação dos mosquitos, com 32%, enquanto depósitos de lixo têm incidência de 25%.

"Com as altas temperaturas e períodos chuvosos, a expectativa é que o número de criadouros aumente. Por esse motivo, é preciso o empenho da sociedade para eliminar os criadouros e evitar água parada. E as medidas são simples e podem ser implementadas no dia a dia. Especialistas do Ministério da Saúde sugerem que a população faça uma inspeção em casa pelo menos uma vez por semana", diz o ministério.

A pasta reforça que para fazer o controle efetivo da proliferação do mosquito é necessário tirar ao menos 10 minutos para verificar o telhado, as calhas entupidas, piscina, garrafas, pneus e demais itens que possam se tornar criadouros do transmissor. Mesmo em lugares que necessitem de armazenamento de água é importante não deixar os reservatórios destampados.

Confira algumas medidas para eliminar a formação de criadouros

1- Lavar com água e sabão tonéis, galões ou depósitos de água e mantê-los bem fechados

2- Manter as caixas d’água bem fechadas

3- Limpar e remover folhas das calhas, deixando-as sempre limpas

4- Retirar água acumulada das lajes

5- Desentupir ralos e mantê-los fechados ou com telas

6- Colocar areia ou massa em cacos de vidro de muros

7- Lavar plantas que acumulam água, como as bromélias, duas vezes por semana

8- Preencher com serragem, cimento ou areia ocos das árvores e bambus

9- Evitar utilizar pratos nas plantas, se desejar mantê-los, colocar areia até a borda dos pratos de plantas ou xaxins

10- Tratar a água da piscina com cloro e limpá-la uma vez por semana.

Um cano que passa pelo teto do Hospital da Restauração, no centro do Recife, estourou e deixou o corredor do setor de transportes da unidade inundado e com mau cheiro. O fato aconteceu no final da tarde da última quarta-feira (18).

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), a obstrução foi na tubulação por onde escoava água dos ralos e das pias do hospital. "Para resolver a situação, a equipe de manutenção da unidade foi acionada e precisou abrir a estrutura para tirar a obstrução, o que provocou o escoamento da água", diz a pasta.

##RECOMENDA##

A SES-PE garante que não havia nenhum paciente no local do ocorrido e que a equipe de manutenção realizou os devidos reparos em cerca de 15 minutos. A secretaria constatou que o transtorno teria sido causado por uma peça de hotelaria hospitalar descartada de forma inadequada.

Por fim, a pasta acrescenta que está finalizando os trâmites para lançar, em breve, um edital de licitação para reforma do Hospital da Restauração. As obras, no valor de R$ 9,1 milhões, contemplarão, entre outros serviços, a revisão e recuperação de toda a rede elétrica e hidráulica.

Recorrente

No início deste mês, um rompimento na tubulação de água do HR causou a queda de parte do forro de gesso da unidade de trauma. A situação fez com que vários pacientes - inclusive os que estavam entubados - precisassem ser realocados para outras salas e até nos corredores do hospital.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta quinta-feira (19), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 115 novos casos da Covid-19, além de cinco óbitos.

Dos novos registros, seis são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 109 são leves. Pernambuco totaliza 931.769 casos confirmados da doença, sendo 58.586 graves e 873.183 leves

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam cinco mortes, ocorridas entre o dia 17 de fevereiro de 2022 e o último dia 13 de março. Com isso, o Estado totaliza 21.678 mortes pela Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta terça-feira (17), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 312 novos casos da Covid-19, além de quatro óbitos.

Dos novos registros, quatro são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 308 são leves. Pernambuco totaliza 931.418 casos confirmados da doença, sendo 58.578 graves e 872.840 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam quatro mortes, ocorridas entre o dia 17 de fevereiro de 2022 e o último dia 5 de março. Com isso, o Estado totaliza 21.671 mortes pela Covid-19.

 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta segunda-feira (16), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 107 novos casos da Covid-19, além de quatro óbitos.

Dos novos registros, dois são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 105 são leves. Pernambuco totaliza 931.106 casos confirmados da doença, sendo 58.574 graves e 872.532 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam quatro mortes, ocorridas entre o dia 16 de fevereiro de 2022 e o último dia 7 de maio. Com isso, o Estado totaliza 21.667 mortes pela Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta quinta-feira (12), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 682 novos casos da Covid-19, além de cinco óbitos.

Dos novos registros, cinco são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 677 são leves. Pernambuco totaliza 929.772 casos confirmados da doença, sendo 58.565 graves e 871.207 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam cinco mortes, ocorridas entre o dia 2 de fevereiro de 2022 e o último dia 5 de maio. Com isso, o Estado totaliza 21.653 mortes pela Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) está investigando um segundo caso suspeito da chamada “hepatite misteriosa”, que tem alertado as autoridades de saúde em todo o país. O possível novo caso em Pernambuco foi percebido em um adolescente de 14 anos, residente em Salgueiro, no Sertão do estado. Ele deu entrada no Hospital Getúlio Vargas, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, no último sábado (7). O jovem, que segue internado, apresentava um quadro de febre alta e dores nas articulações ao dar entrada na unidade de saúde. 

De acordo com a SES, o adolescente foi transferido do Hospital Regional Inácio de Sá, em Salgueiro, onde recebeu os primeiros cuidados. A pasta informou que o jovem responde bem ao tratamento. Os primeiros exames coletados detectaram aumento nas transaminases, que são enzimas intracelulares que atuam catalisando diversas reações, principalmente no fígado, e um dos critérios elencados pelo Ministério da Saúde para definição de caso suspeito. 

##RECOMENDA##

Assim, Pernambuco soma dois casos suspeitos da doença. O primeiro caso registrado no estado continua em investigação. Foi de um bebê do sexo masculino, de um ano de idade, em Toritama, no Agreste. Ele foi internado no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, em 27 de abril. O menino apresentou febre, erupções na pele e dor abdominal com hepatomegalia (aumento do fígado). Após melhora clínica, recebeu alta na última sexta-feira (6). 

O Governo de Pernambuco informou que segue monitorando as ocorrências. “Por fim, a SES-PE relembra que o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco (Cievs-PE) já emitiu nota de alerta orientando toda a rede de saúde - unidades públicas e privadas - para que, na observação de casos suspeitos e que atendam às definições, realizem a notificação de imediato”, concluiu a secretaria, em nota. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já identificou cerca de 200 casos suspeitos de hepatite em crianças e adolescentes em pelo menos 20 países. Os sintomas comuns para a doença, que consiste em uma inflamação no fígado, são a icterícia (pele e olhos amarelados), náuseas, vômitos, diarreia e dor abdominal. Nos casos mais graves, pode ser necessária a realização do transplante de fígado. 

Casos no Brasil 

O Ministério da Saúde investiga, desde a última sexta-feira (6), a morte de um bebê e 16 casos suspeitos de hepatite aguda grave em crianças no país, sendo nove notificados somente nessa segunda-feira (9). Os casos vêm sendo acompanhados pelas secretarias estaduais de Saúde. 

 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta terça-feira (10), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 590 novos casos da Covid-19, além de dois óbitos.

Dos novos registros, três são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 587 são leves. Pernambuco totaliza 928.421 casos confirmados da doença, sendo 58.557 graves e 869.864 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam duas mortes, ocorridas entre o dia 4 de março de 2022 e o último dia 11 de março. Com isso, o Estado totaliza 21.645 mortes pela Covid-19.

Um quadro de hepatite aguda grave desconhecida é investigado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), no Agreste de Pernambuco. O primeiro paciente identificado foi uma criança de um ano, residente de Toritama.

O caso foi notificado nessa segunda-feira (9). De acordo com a pasta, o menino deu entrada no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, no dia 27 de abril, com febre, lesões na pele conhecidas como rash cutâneo e dor abdominal com hepatomegalia.

##RECOMENDA##

Sem diagnóstico confirmado, ela apresentou melhora clínica e recebeu alta no último dia 6. A SES não informou se outros casos suspeitos são investigados em Pernambuco, mas ressaltou que faz exames complementares para tentar comparar o quadro com hepatites virais e outros possíveis agentes.


Reunião com Ministério da Saúde

A secretaria vai se e reunir com o Ministério da Saúde nesta terça (10) para "discussão do caso, definição de fluxos e confirmação, ou afastamento, da ocorrência", indicou.

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco (Cievs-PE) emitiu nota para orientar a rede pública e privada para que os casos suspeitos sejam notificados de imediato.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta segunda-feira (9), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 69 novos casos da Covid-19, além de quatro óbitos.

Dos novos registros, seis são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 63 são leves. Pernambuco totaliza 927.831 casos confirmados da doença, sendo 58.554 graves e 869.277 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam quatro mortes, ocorridas entre o dia 3 de fevereiro de 2022 e o último dia 17 de março. Com isso, o Estado totaliza 21.643 mortes pela Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta quinta-feira (5), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 601 novos casos da Covid-19, além de seis óbitos.

Dos novos registros, cinco são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 596 são leves. Pernambuco totaliza 925.885 casos confirmados da doença, sendo 58.539 graves e 867.346 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam seis mortes, ocorridas entre 10 de fevereiro de 2022 e o último dia 29 de abril. Com isso, o Estado totaliza 21.629 mortes pela Covid-19.

A indígena de 12 anos que foi diagnosticada com raiva morreu na UTI do Hospital João Paulo II, no Centro de Belo Horizonte, Minas Gerais. O caso foi notificado no dia 5 de abril e o resultado de exames confirmaram a doença no dia 19. 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) informou que o óbito ocorreu na última sexta-feira (29) e que a causa pode ter relação com um morcego. No dia 4 de abril, um indígena de 12 anos também não resistiu à doença após dar entrada na UPA de Teófilo Otoni. 

##RECOMENDA##

Outra criança, de 5, que morava na mesma aldeia, na Zona Rural de Bertópolis, no Vale do Mucuri, morreu no dia 17 de abril. Ela não apresentou sintomas, mas a pasta investiga o caso como raiva devido à proximidade das outras ocorrências. 

Quarto caso

Uma menina, de 11, parente do segundo caso, está hospitalizada em leito clínico, com sintomas da raiva, como febre e dor de cabeça. Ela apresenta quadro estável e segue em observação enquanto aguarda o resultado de exames.

Investigação epidemiológica

No domingo (24), a SES-MG enviou doses de vacina antirrábica humana para a comunidade. A pasta também enviou soro específico para humanos e imunizante animal para cães e gatos da região. A investigação epidemiológica foi ampliada para identificar a existência de novos pacientes e as causas do contágio. 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, neste sábado (30), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 784 novos casos da Covid-19, além de cinco óbitos.

Dos novos registros, quatro são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 780 são leves. Pernambuco totaliza 923.472 casos confirmados da doença, sendo 58.518 graves e 864.954 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam cinco mortes, ocorridas entre os dias 2 de fevereiro de 2022 e o último dia 7 de março. Com isso, o Estado totaliza 21.600 mortes pela Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta sexta-feira (29), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 700 novos casos da Covid-19, além de quatro óbitos.

Dos novos registros, três são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 697 são leves. Pernambuco totaliza 922.688 casos confirmados da doença, sendo 58.514 graves e 864.174 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam quatro mortes, ocorridas entre os dias 2 e 25 de março deste ano. Com isso, o Estado totaliza 21.595 mortes pela Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta quinta-feira (28), mais cinco mortes e 925 casos de Covid-19 em Pernambuco. O estado soma 21.591 óbitos pela doença.

Entre os casos confirmados nesta quinta-feira, seis são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 919 são leves.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza 921.988 casos confirmados de Covid-19, sendo 58.511 graves e 863.477 leves. Os cinco óbitos são considerados antigos, tendo ocorrido entre 21 de janeiro e 11 de março de 2022.

 

​A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (26), mais quatro mortes e 1.148 casos da Covid-19 em Pernambuco. O estado soma 21.579 mortes pela doença.

Entre os casos confirmados nesta terça-feira, dois são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 1.146 são leves.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza 920.255 casos confirmados de Covid-19, sendo 58.502 graves e 861.753 leves. Os quatro óbitos são considerados antigos pela SES, tendo ocorrido entre 15 de fevereiro e 21 de março de 2022.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (25), mais três óbitos e 221 casos de Covid-19 em Pernambuco. O estado soma 21.575 mortes pela doença.

Entre os casos confirmados nesta segunda-feira, dois são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 219 são leves.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza 919.107 casos confirmados de Covid-19, sendo 58.500 graves e 860.607 leves. Os três óbitos são considerados antigos, sendo recuperados pelas unidades de saúde ou secretarias municipais. Eles ocorreram nos dias 11, 18 e 19 de fevereiro deste ano.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (22), mais quatro mortes e 270 casos de Covid-19 em Pernambuco. O estado soma 21.566 mortes pela doença.

Entre os casos confirmados nesta sexta-feira, dois são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 268 são leves.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza 918.045 casos confirmados de Covid-19, sendo 58.490 graves e 859.555 leves. Os quatro óbitos são considerados antigos, tendo ocorridos entre 25 de janeiro e 13 de fevereiro deste ano.

Páginas