Um laboratório que vendia testes negativos da Covid-19 no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR), foi desmontado pela Polícia Civil nessa quinta-feira (24). Três pessoas foram presas em flagrante. 

Conforme as autoridades, o laboratório oferecia teste rápido de Covid-19 e emitia os laudos, todos com resultado negativo, como se os clientes tivessem passado pelo exame RT PCR.

##RECOMENDA##

Duas pessoas de 45 anos e uma de 24 foram presas e podem receber penas de detenção de dois a cinco anos por Crime contra as Relações de Consumo.  

A ação da Delegacia de Proteção ao Consumidor em parceria com a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (APEVISA) identificou que o estabelecimento de análises clínicas funcionava sem alvará e desrespeitava os padrões de biossegurança. 

Nesta sexta-feira (28), a diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a possibilidade de comercialização de testes de covid-19 que podem ser aplicados por leigos, em si mesmos ou amigos e familiares, os chamados autotestes.

Até agora, os testes só poderiam ser aplicados por profissionais de saúde ou trabalhadores de farmácias. Há no mercado diferentes tipos de teste, dos laboratoriais mais precisos, como o RT PCR, aos de anticorpos, passando pelo de antígeno, que fornece um diagnóstico rápido mas possui menos índice de acerto do que o RT-PCR.

##RECOMENDA##

Nesta matéria, a Agência Brasil explica o que foi aprovado e como será possível o uso dos autotestes pelos cidadãos.

O que são os autotestes?

Segundo a Anvisa, os autotestes são um procedimento “orientativo”. Eles indicam que alguém pode estar infectado com o novo coronavírus. Contudo, o diagnóstico efetivo só pode ser realizado por um profissional de saúde.

A Anvisa explica que o autoteste de covid-19 deve ser usado como triagem, para permitir o auto isolamento precoce e, assim, quebrar a cadeia de transmissão do vírus o mais rápido possível, "mas o diagnóstico depende de confirmação em um serviço de saúde”, alerta a publicação da agência sobre o tema.

Assim, o autoteste não se resume apenas à coleta. Neste tipo de exame, o indivíduo realiza todo o procedimento, da coleta à interpretação dos resultados.

O autoteste já pode ser comprado?

Não. Os fabricantes desse produto terão de entrar com pedido de registro junto à Anvisa. Segundo a decisão tomada, esses requerimentos serão avaliados com prioridade pelo órgão.

A Anvisa disponibilizou um site onde estarão listados os testes (veja aqui). Assim, quando os autotestes começarem a ser vendidos no mercado, é importante que o cidadão se informe se aquela marca obteve, de fato, o registro da Anvisa para aquele produto.

Qual o tipo de teste utilizado por leigos?

Pela decisão da Anvisa, apenas os tipos de teste de antígeno poderão ser autorizados para uso por leigos como autoteste. Não serão permitidos para uso pela população, portanto, os testes de anticorpos.

O resultado do autoteste vale como documento oficial?

Não. Em locais que exigem resultados negativos de testes para covid-19, será preciso realizar os exames conforme as exigências (podendo ser RT-PCR ou de antígeno, a depender do caso) em um posto de saúde, hospital, farmácia ou outra unidade de saúde autorizada.

Quais os requisitos para o registro de autotestes?

A diretoria da Anvisa estabeleceu uma série de requisitos para os fabricantes de autotestes que entrarem com pedido de registro. As instruções para uso, guarda e descarte devem ser claras. Será preciso usar ilustrações para exemplificar as formas de aplicação e a interpretação dos resultados (se positivo, negativo ou inconclusivo).

Os fabricantes devem disponibilizar também um canal de atendimento para orientar consumidores e tirar dúvidas. Os atendentes devem ser capacitados para responder a demandas sobre o uso do produto e para orientar o cidadão sobre os procedimentos a partir dos resultados dos testes. Os canais devem informar também o telefone do disque saúde, serviço oficial do Ministério da Saúde.

Quem poderá vender autotestes?

Apenas farmácias e estabelecimentos de saúde licenciados para comercializar dispositivos médicos. Ao buscar um desses comércios, certifique-se de que ele possui o registro adequado para essas atividades junto à vigilância sanitária.

Não será permitida, portanto, a venda por outros tipos de estabelecimentos ou a oferta de autotestes na Internet, em plataformas ou sites de empresas ou de qualquer outro tipo que não se enquadrem nas modalidades autorizadas.

Quando usar os autotestes?

Os autotestes são indicados para aplicação quando uma pessoa apresenta sintomas de covid-19. Nessa situação, o recomendado é realizar o teste entre o 1º e 7° dia de seintoma.

Também é recomendado realizar o autoteste quando houve contato com alguém que teve resultado positivo para um exame de diagnóstico. Nesse caso, o autoteste deve ser aplicado a partir do 5º dia do contato.

Posso usar como autoteste os testes de antígeno profissionais?

Não. Os testes de antígeno profissionais, ofertados em farmácias ou unidades de saúde, são diferentes dos autotestes que poderão ser ofertados quando fabricantes obtiverem os registros da Anvisa.

Os exames de antígeno de uso profissional podem ter diferenças de desempenho quanto, por exemplo, ao tipo de amostra. Isso requer a presença de um profissional de saúde para executar o exame.

Qual será o procedimento utilizado para fazer o autoteste?

Cada autoteste vai ser de um jeito. Não há um procedimento padrão. Cada fabricante deverá explicar como funcionará o seu autoteste.

O que fazer em caso de resultado positivo?

Se uma pessoa tiver o resultado positivo para covid-19 ao se testar, ela deve se isolar imediatamente, mesmo se não apresentar sintomas. Além disso é recomendado pela Anvisa usar máscara e avisar as pessoas com quem teve contato recente.

Como os autotestes podem dar resultados errados (falso positivo ou falso negativo), é importante procurar um exame de diagnóstico para confirmar o resultado positivo.

O que fazer em caso de resultado negativo?

Como o autoteste possui limitações quanto à eficácia, em caso de resultado negativo a orientação da Anvisa é que se não houver sintomas a pessoa deve manter as medidas de prevenção. Se os sintomas aparecerem, ela deve realizar um novo autoteste ou um exame de diagnóstico.

O que acontece caso haja alguma reação?

Como em qualquer medicamento ou procedimento médico, pode haver eventos adversos. A pessoa que teve a reação deve comunicá-la pelo serviço de atendimento ao consumidor do fabricante ou pode fazer a notificação diretamente no site da Anvisa.

Para esses casos, há o Sistema de Notificação e Investigação em Vigilância Sanitária (Vigipós). O fabricante do autoteste tem que repassar informações de queixas técnicas e eventos adversos ao sistema.

Caso a Anvisa determine o recolhimento de um lote ou até mesmo do conjunto do produto, a empresa também deve se responsabilizar pela logística deste tipo de recall.

Quem vende o produto também tem responsabilidade de notificar reclamações e eventos adversos. Mas esse tipo de informação deve ser inserida no Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária (Notivisa).

O autoteste será oferecido em postos de saúde e hospitais públicos?

Até o momento, o Ministério da Saúde não anunciou uma política pública de disponibilização de autotestes para a população. Portanto, ainda não há previsão se este tipo de exame será colocado gratuitamente para a população.

O ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro (Podemos) confirmou, nesta quinta-feira (20), via redes sociais, que testou negativo para Covid-19. Apesar do resultado, o pré-candidato para Presidência da República afirmou que, por cautela, seguirá o isolamento, e que retornará só na segunda-feira à campanha em eventos presenciais.

"Testei negativo para Covid, então o vírus foi superado sem maiores problemas graças às vacinas", publicou no Twitter. "Seguirei por cautela no protocolo de isolamento e retomo os compromissos presenciais na segunda-feira com o Flow Podcast".

##RECOMENDA##

Mesmo tendo testado positivo para Covid, o ministro não deixou de conceder entrevistas de forma remota durante toda a semana, quando tentou antagonizar tanto com o presidente Jair Bolsonaro (PL) quanto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que encabeçam as pesquisas eleitorais para as eleições deste ano.

O apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, divulgou, nesta terça-feira (11), o resultado do teste PCR negativo para a Covid-19. Bonner estava afastado da bancada do JN e em isolamento após a jornalista e colega de bancada, Renata Vasconcellos, positivar para a doença. 

O resultado do teste foi exposto no Instagram, onde Bonner disse: "Vejo vocês no Jornal Nacional". No post, o apresentador do JN também desejou saúde a Renata e agradeceu Helter Duarte por substituí-lo.

##RECOMENDA##

[@#podcast#@]

Na derrota para o Fortaleza por 1x0, nesse domingo (26), o Sport alcançou um recorde negativo da história do Brasileirão na fase moderna de pontos corridos, a maior sequência de jogos sem marcar gols, somando, após a partida, oito confrontos sem balançar as redes.

O último gol marcado pelo Sport foi na vitória contra o Bahia, no dia 1º de agosto, de lá para cá a equipe rubro-negra passou em branco contra Red Bull Bragantino, Flamengo, São Paulo, Chapecoense, Athletico-PR, Internacional, Atlético-MG e nesse domingo, o Fortaleza, tendo empatado três e perdido cinco dos oito jogos, se afundando cada vez mais na zona do rebaixamento da Série A.

##RECOMENDA##

O recorde anterior de sete partidas sem marcar gols também era do Sport, em 2012, quando passou da 13ª rodada a 19ª sem balançar as redes. Ao menos a marca era dividida com outras quatro equipes, Criciúma (2014), Botafogo (2014 e 2016), Vasco (2015) e Fluminense (2018).

O Sport tentará não aumentar o recorde na próxima partida contra o Grêmio no próximo dia 3 de outubro, pela 23ª rodada do Brasileirão, em confronto direto na briga contra o rebaixamento.

 

A atriz Eva Wilma, 87 anos, foi internada no último domingo (10) no Hospital Vila Nova Star, na Zona Sul de São Paulo, com pneumonia. Segundo informações do G1, a atriz está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu quadro é estável.

Na unidade hospitalar, Eva realizou o teste para a Covid-19 e apresentou resultado negativo. Segundo o boletim médico, ela não apresenta febre. 

##RECOMENDA##

“A atriz Eva Wilma permanece internada em leito de UTI no Hospital Vila Nova Star da Rede D'Or. A paciente está em tratamento de uma pneumonia. Encontra-se hemodinamicamente estável e sem febre. O quadro respiratório permanece estável com cateter de O2 de alto fluxo”, informa o comunicado médico.

Foto: Divulgação/João Caldas

A partir desta quarta-feira (30), passageiros de voos internacionais que embarcarem para o Brasil precisarão apresentar um teste RT-PCR negativo ou não reagente para Covid-19. O exame deve ter sido feito até 72 horas antes da viagem. A obrigatoriedade vale para todos os viajantes, brasileiros ou estrangeiros, independentemente de sua origem.

Crianças menores de 2 anos estão dispensadas da apresentação do teste, assim como crianças com idade entre 2 e 12 anos, desde que seus acompanhantes cumpram todas as exigências. Já crianças entre 2 e 12 anos viajando desacompanhadas são obrigadas a apresentar o exame, da mesma forma que os demais viajantes.

##RECOMENDA##

A medida está prevista na portaria nº 648/2020, publicada na semana passada, que e também trata da proibição, em caráter temporário, da entrada no Brasil de voos com origem ou passagem pelo Reino Unido e Irlanda do Norte. No último dia 17, o governo já havia determinado a exigência do exame na portaria nº 630/2020.

Declaração de Saúde do Viajante

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), brasileiros e estrangeiros que vierem do exterior por via aérea deverão preencher a Declaração de Saúde do Viajante (DSV) e apresentar o e-mail de comprovação de preenchimento para a companhia aérea.

O teste deverá ter sido realizado em laboratório reconhecido pela autoridade de saúde do país do embarque. Na hipótese de voo com conexões ou escalas em que o viajante permaneça em área restrita do aeroporto, o prazo de 72 horas será considerado em relação ao embarque no primeiro trecho da viagem.

As obrigações fixadas pela norma não valem para voos procedentes do exterior com paradas técnicas ou conexão no Brasil desde que não ocorra qualquer procedimento de desembarque seguido de imigração.

O descumprimento da exigência pode gerar responsabilização civil ou penal, deportação de volta ao país de origem ou a invalidação do pedido de refúgio, caso ele existe.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, testou negativo para Covid-19 "por dias consecutivos", de acordo com o médico Sean Conley. O profissional informou, por meio de um comunicado divulgado pela Casa Branca, que o republicano realizou o teste de antígeno BinaxNOW, do laboratório Abbott. "É importante observar que esse teste não foi usado isoladamente para a determinação da atual situação negativa do presidente", ressalta Conley no documento.

Segundo o médico de Trump, os testes de antígenos "repetidamente negativos" foram levados em consideração juntamente com dados clínicos e laboratoriais adicionais, incluindo de carga viral. "Esses dados abrangentes, em conjunto com as diretrizes do CDC Centro de Controle e Prevenção de Doenças para a remoção de precauções baseadas na transmissão, basearam a avaliação de nossa equipe médica de que o presidente não é contagioso para outras pessoas", frisou Conley.

##RECOMENDA##

Trump retomou seus compromissos públicos no sábado (10), após ser liberado pela equipe médica da Casa Branca. O republicano havia recebido alta do hospital Walter Reed na segunda-feira (5), depois de ter ficado internado por três dias. Naquele período, ele teve febre alta e chegou a precisar de oxigênio suplementar.

Na noite dessa segunda-feira (12), Trump deve realizar um comício eleitoral na Flórida, um dos Estados que serão cruciais para definir o vencedor do pleito presidencial de 3 de novembro, no qual o republicano disputa sua reeleição contra o democrata Joe Biden, que lidera nas pesquisas de intenção de voto.

O presidente dos Estados Unidos informou na madrugada do dia 2 de outubro, por meio do Twitter, que ele e a primeira-dama Melania Trump haviam testado positivo para Covid-19.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou, por videoconferência, que os exames realizados na quarta-feira (19), tanto por ele quanto sua esposa, Bia Doria, não apontam sinais de contaminação pela Covid-19. O governador havia recebido o diagnóstico positivo da doença no último dia 12.

Segundo comunicado do Hospital Sírio Libanês, tanto o governador quanto a primeira-dama não apresentaram sinais ou sintomas da Covid-19. "A partir de amanhã, 22 de agosto, após cumprirem período de isolamento de dez dias, estão liberados para atividades pessoas e profissionais".

##RECOMENDA##

[@#video#@]

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou suas redes sociais, na manhã deste sábado (25), para divulgar que não está mais com o novo coronavírus. O chefe de Estado postou uma foto sentado em uma mesa de café da manhã, com uma caixa de cloroquina em mãos, afirmando que o último teste realizado para identificar a doença deu negativo, porém, não apresentou o resultado. 

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Último teste feito pelo presidente para detectar a Covid-19 foi na última terça-feira (21), o resultado positivo saiu na manhã do dia seguinte (22). Se o resultado for confirmado pela Secretaria Geral da Presidência, este terá sido o quarto teste feito por Bolsonaro, desde 7 de julho, quando descobriu que estava com a doença. Todos os outros apontavam que o chefe da nação ainda estaria infectado.

Bolsonaro seguia em isolamento social, mas foi flagrado diversas vezes tentando oferecer cloroquina para as emas que vivem no jardim do Palácio da Alvorada.

No Twitter, apoiadores e críticos do presidente se dividem entre desejos de melhoras e suspeitas de que foto faz parte de campanha do presidente para afirmar a eficácia do remédio.

Luana Piovani precisou ficar em isolamento social após ter contato com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus. Nas redes sociais, a atriz deu detalhes sobre seu estado de saúde e declarou que precisou realizar um teste para saber se também contraiu a doença.

Mas, para a felicidade de todos, Luana divulgou nesta terça-feira (14) que o teste deu negativo. Morando em Portugal, ela contou no Instagram Stories que o resultado chegou rápido via mensagem de texto no celular.

##RECOMENDA##

"Gente, vim contar uma coisa incrível. Acabou chegar um sms [dizendo] que meu teste de Covid-19 deu negativo. Que alívio!", disse.

Luana revelou que, assim que soube o resultado, deu um abraço na filha Liz, fruto de seu relacionamento com Pedro Scooby. Ela também é mãe de outros dois meninos, Bem e Dom, e como ela não sabia se havia contraído a doença, preferiu ficar afastada das crianças.

"Já agarrei a Liz, dei uns beijos! Mas sabe o que acontece? É muito doido, porque vem escrito que se esse teste foi feito no período de encubação tem que ser feito outro teste. Bom, mas eu fiz o teste e deu negativo. É isso que todo mundo faz para poder se unir as pessoas. Confusões a parte, temos notícias boas", afirmou.

Na sequência, Luana surgiu no Stories com a filha Liz e as duas encantaram ao demonstrarem muito carinho.

Os 13 ministros que realizaram exames de diagnóstico após contato com o presidente Jair Bolsonaro, infectado pelo novo coronavírus, receberam resultados negativos. O presidente foi diagnosticado com a doença na terça-feira (7), mas relatou que já sentia sintomas desde domingo (5).

Segundo levantamento do Estadão, seis ministros fizeram apenas o teste rápido (sorológico), que encontra anticorpos para o vírus em amostras de sangue. Fora eles: os ministros Paulo Guedes (Economia), Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Ernesto Araújo, Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), Wagner Rosário (CGU).

##RECOMENDA##

Guedes, que a exemplo do presidente faz parte do grupo de risco da doença - ele tem 70 anos - esteve com Bolsonaro ao menos sete vezes nos últimos 14 dias, período máximo de incubação do novo coronavírus até que o paciente comece a apresentar os sintomas. A mais recente foi na segunda-feira, 6, numa reunião no Palácio do Planalto, quando o presidente já apresentava sinais da doença.

Outras autoridades fizeram o teste do tipo RT-PCR, tido como "padrão ouro". Receberam resultado negativo, por este exame, os ministros Fábio Faria (Comunicações), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência), Fernando Azevedo (Defesa) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional). José Levi Mello (Advocacia-Geral da União) e André Mendonça (Justiça) receberam resultados negativos em testes rápidos e RT-PCR.

Desinfecção

A Secretaria-Geral da Presidência afirma que intensificou a limpeza na sede do edifício desde o início da pandemia. Segundo a pasta, um processo de "desinfecção" é feito diariamente nas instalações. Ontem, uma equipe também foi ao Alvorada fazer uma desinfecção nas áreas comuns.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O cantor Eduardo Costa preparou um show especial, nessa sexta-feira (12), para comemora o Dia dos Namorados. Por quase quatro horas, ele embalou os fãs com um repertório recheado de clássicos que movimentaram sua carreira. Mas o que chamou a atenção mesmo de quem estava assistindo ao show foi uma atitude do sertanejo sobre o coronavírus.

Durante sua apresentação, Eduardo decidiu fazer um teste para saber se estava com a Covid-19. O artista recebeu no palco a equipe de um laboratório que fez o exame. Enquanto tirava sangue, ele disparou: "Quis fazer ao vivo para as pessoas não terem dúvida. [...] Filma o sanguinho saindo".

##RECOMENDA##

Minutos depois, uma das apresentadoras que interagia com o músico mostrou o resultado do teste. Após descobrir que deu negativo para a doença, Eduardo Costa brincou ao saber que não estava infectado. "Cachaça e cabaré mata o coronavírus", disse.

A cantora Fafá de Belém deu uma notícia importante aos fãs. Ela informou, nesta segunda-feira (1º), que fez exames com a filha, Mariana de Belém, para saber se as duas haviam sido infectadas pelo novo coronavírus. Por se enquadrar em grupo de risco, a artista paraense de 63 anos declarou aos internautas que os testes deram negativo.

"Estou tão feliz! Tomamos a decisão de ficarmos juntas até que isso tudo passe. Fizemos exames, repetimos no prazo recomendado para termos certeza de estarmos as duas seguras e Maricota [filha] veio para casa no fim de semana. As meninas [netas] estão bem, no sítio, todos sãos, completamente isolados e devidamente testados", disse.

##RECOMENDA##

Alinhando os detalhes da sua live, marcada para o próximo dia 13, Fafá assegurou que todas as pessoas envolvidas no projeto estão se cuidando:  "Temos muito trabalho também, graças a Deus! Já iniciamos o procedimento de testagem das (poucas) pessoas que nos ajudarão na Live de Temas de Novelas no dia 13 aqui em casa. A equipe está isolada - cada um na sua casa, testamos todos negativos, repetiremos o teste para que estejamos 100% seguros!".

[@#video#@]

O Supremo Tribunal Federal divulgou nesta terça, 26, que o novo exame para coronavírus do ministro Dias Toffoli deu negativo. É o quarto teste que o presidente da Corte se submeteu em menos de um mês e o segundo após apresentar quadro respiratório agudo enquanto se recuperava de uma cirurgia realizada no último fim de semana.

De acordo com o boletim médico do Hospital DF Star, Toffoli demonstrou 'melhora clínica progressiva' nas últimas 24 horas e não precisou de nenhum tipo de suporte respiratório no período.

##RECOMENDA##

O presidente do Supremo foi internado no sábado, 23, para uma cirurgia de retirada de um abscesso. Após o procedimento, ele apresentou quadro respiratório agudo, sintoma de covid-19.

Toffoli foi submetido a um exame para coronavírus que deu negativo, segundo boletim divulgado na segunda, 25. Em menos de um mês, o ministro já havia sido testado em outras duas ocasiões: no dia 28 de abril e 20 de maio. Todos deram negativo para covid-19.

De acordo com o STF, Toffoli permanecerá de licença médica até sua recuperação. A presidência da Corte permanece interinamente com o ministro Luiz Fux, vice-presidente do Supremo.

A Fiocruz admitiu nesta quinta-feira, 14, que emitiu os laudos dos exames para covid-19 feito em amostras vindas do gabinete da Presidência da República, "de acordo com as condições de recebimento do material biológico remetido para análise", ou seja, sem a identificação do paciente.

O laudo do exame de covid-19 feito na Fiocruz e apresentado nesta quarta-feira, 13, pelo presidente Jair Bolsonaro à Justiça trazia apenas como identificação o número 05, sem nome do paciente ou número do documento.

##RECOMENDA##

Em nota divulgada na tarde desta quinta, 14, a instituição esclareceu que "os laudos são emitidos regularmente com a identificação do paciente, em atendimento à norma ABNT-ISO-IEC 15189, adotada no escopo do Sistema da Qualidade do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo (Instituto Oswaldo Cruz/Fiocruz)".

Entretanto, ressaltou a instituição, "especificamente em relação à análise citada, foram recebidas amostras rotuladas numericamente. Considerando o cenário da pandemia de covid-19 em curso, com os primeiros casos sendo identificados no Brasil, à época, e a solicitação advinda do gabinete da Presidência da República, a Fundação emitiu os laudos de acordo com as condições de recebimento do material biológico remetido para análise".

Uma tatuadora utilizou sua conta no twitter para mostrar o resultado negativo da "tatuagem de camuflagem", uma técnica para a cobertura de estrias e olheiras que ficou bastante conhecida nos últimos anos, inclusive com a adesão de diversas famosas.

A tatuadora, que se identifica apenas como Kim, explicou detalhadamente e mostrou imagens de como as tatuagens feitas para camuflagem na pele ficam após alguns meses ou anos. “Na hora muita gente pode achar que essa é a receita milagrosa para sumir com as estrias, porque realmente parece que sumiu. O problema está a longo prazo”, escreveu ela.

##RECOMENDA##

“O sol em contato com a pele, a tinta também muda a cor. Com o tempo a tinta também muda de lugar dentro da pele. Outro grande problema é a oxidação da tinta que pode deixar a estria muito escura”, disse Kim, detalhando alguns fatores que fazem a técnica não ser uma boa opção.

A tatuadora também compartilhou o posicionamento de uma grande marca de tinta para tatuagens que já havia se posicionado contra o método. Além disso, Kim compartilhou o resultado da cobertura em olheiras e reforçou dizendo: “Não confiem em tatuadores que oferecem essa fórmula milagrosa”.

“Se isso realmente afetar a sua auto estima e se você realmente quiser remover, vá em um bom dermatologista, não confie em tatuadores que prometem fazer por metade do preço”, indicou a tatuadora.

[@#video#@]

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, publicou no Twitter, nesta terça-feira (31), o resultado do seu novo teste para saber se ainda está infectado pelo novo coronavírus. O resultado deu negativo e o auxiliar do presidente Jair Bolsonaro, criticado na semana passada por ter deixado a quarenta e ido ao Palácio do Planalto para uma conferência, comemorou. 

"Meu novo teste para coronavírus deu negativo, graças a Deus! Agradeço o apoio e as orações de todos os amigos e amigas. Seguimos juntos na batalha por um Brasil melhor!", escreveu. Segundo o documento, o exame foi feito nessa segunda-feira (30). 

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Augusto Heleno estava em isolamento desde o último dia 18, quando fez o exame e o resultado deu positivo. No dia seguinte, ele anunciou que a contraprova também tinha apontado que ele havia sido infectado pelo novo coronavírus, apesar de assintomático. Na semana passada, contudo, o ministro esteve no Palácio para uma reunião com o presidente e foi alvo de críticas. Ele, contudo, justificou que a sua presença foi com o aval médico, que depois foi comprovado o "engano" porque ele deveria estar em isolamento.

O ministro é uma das 23 pessoas da comitiva brasileira que esteve nos Estados Unidos juntamente com o Bolsonaro que contraiu a covid-19.

A apresentadora Ana Hickmann revelou, nesta terça-feira (24), que seu teste para a Covid-19 deu negativo. No último final de semana, a loira contou que estava com sintomas de gripe, mas que foi orientada a fazer um exame para saber se teria sido contagiada pelo novo coronavírus.

No seu perfil do Instagram, Ana celebrou. "Eu testei negativo para o coronavírus, graças a Deus, mas testei positivo para outros vírus da gripe. Agora eu vou continuar ficando em casa, vou continuar me cuidando com a medicação correta", explicou ela. Ao final do vídeo, Ana Hickmann parabenizou a todos os profissionais da saúde que estão trabalhando intensamente no combate da doença.

##RECOMENDA##

Se recuperando, Ana também contou que ficou isolada da família. Casada com o empresário Alexandre Correa, a apresentadora do programa Hoje em Dia resolveu ficar afastada de todos da sua casa para garantir que os sogros também não ficassem doentes. 

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), testou negativo para o novo coronavírus. Covas postou a informação em sua conta no Instagram, com a mensagem "Deu negativo".

Ele teve contato com nos últimos dias com David Uip, chefe do Centro de Contingenciamento do Coronavírus, que está com a doença.

##RECOMENDA##

Mais cedo, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que também teve contato com Uip, divulgou no Twitter que testou negativo para o novo coronavírus.

Na agenda de compromissos do prefeito, nesta terça-feira, 24, há previsão de uma reunião, no final da tarde, por videoconferência.

Em nota divulgada nesta segunda-feira (23), pela assessoria de imprensa da Prefeitura, a informação era de que Covas iria se submeter ao teste e ficaria isolado em seu gabinete até o publicação do resultado do exame.

Páginas