André Gomes / CNI
O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (André Gomes / CNI)

Política

'Mentiroso mor', diz Ciro Gomes sobre live de Bolsonaro

O ex-governador do Ceará criticou o presidente um dia após a live na qual Bolsonaro afirmou, mais uma vez sem provas, que houve fraude nas eleições de 2018. Para Ciro, atual governo “ampliou o sentido da corrupção”

por Kauana Portugal | sex, 30/07/2021 - 11:57

Mirando a corrida presidencial de 2022, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) chamou o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido), de “mentiroso mor da república”. A declaração foi feita nesta sexta-feira (30), um dia após Bolsonaro ter feito uma live alegando fraude nas eleições de 2018, mais uma vez sem apresentar provas.

"Enquanto outros governos trouxeram a corrupção para o centro do poder, o de Bolsonaro, além de mantê-la, colocou no seu eixo a mentira. Esta prática, que contamina todas suas ações e escalões, teve ontem um ritual supremo", disse o presidenciável em seu Twitter.

Segundo Ciro, que continuamente critica a gestão bolsonarista, além de não cumprir com a promessa feita anteriormente de apresentar provas das supostas fraudes eleitorais, Bolsonaro ainda “soterrou qualquer possibilidade de uma modernização do sistema” de votação. Em maio deste ano, o pedetista chegou a defender a implementação do chamado voto impresso auditável.

"Este governo, que ampliou o sentido da corrupção, fazendo-a transbordar das órbitas política e financeira para a da corrupção da linguagem e dos significados, continua sua marcha de impunidade sem que o Congresso e o Judiciário acionem as ferramentas democráticas. Impeachment, já!", finalizou.

Conforme a reportagem do LeiaJá, o dispositivo central do sistema eleitoral no Brasil, a urna eletrônica, permite recontagem de votos, é rápida e passa por etapas de auditoria antes, durante e depois da eleição. Não há registro de fraudes desde a sua primeira utilização, em 1996.


PUBLICIDADE