Benjamin Abrahão Botto
Lampião, Maria Bonita e demais cangaceiros em registro de Benjamin Abrahão, fotógrafo libanês que conviveu com o bando (Benjamin Abrahão Botto)

Cidades

Filha de Maria Bonita e Lampião processa motel em PE

Rede hoteleira utilizou nomes dos cangaceiros em campanha sem autorização

| qua, 18/05/2022 - 12:25

Única filha Lampião e Maria Bonita, Expedita Ferreira Nunes processou uma rede hoteleira por utilizar os nomes de seus pais na propaganda de um motel. Localizado em Pernambuco, o estabelecimento veiculou publicidade com a frase "Maria Bonita, acenda o Lampião".

De acordo com a defesa de Expedita, a empresa agiu com "fins nitidamente comerciais", atuando a partir da "posse indevida do patrimônio imaterial das lendárias figuras". A princípio, o Tribunal de Justiça do Sergipe fixou uma indenização para a filha de Maria Bonita e Lampião em R$ 15 mil, posteriormente reformando a pena para R$ 8 mil.

Na última terça-feira (18), a empresa moveu um recurso que foi para a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e teve pedido de vista. Em razão disso, o julgamento do caso deve demorar a acontecer.


PUBLICIDADE