Júlio Gomes/LeiaJá Imagens/Arquivo
Organizadores deverão seguir protocolos específicos (Júlio Gomes/LeiaJá Imagens/Arquivo)

Cidades

Shows e eventos liberados em PE a partir de segunda (28)

Governo anunciou que, se tudo caminhar bem, todos os setores do estado estarão funcionando no dia 9 de novembro deste ano

por Jameson Ramos | qua, 23/09/2020 - 18:36

Através de uma coletiva online realizada nesta quarta-feira (23), o Governo de Pernambuco anunciou que a partir da próxima segunda-feira (28), início da semana epidemiológica quarenta, a Macro 1, que compreende a Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata e parte do Agreste de Pernambuco, avançam para a etapa nove, podendo voltar a funcionar os eventos sociais como casamento, batizados, aniversários e festas.

Os eventos culturais como cinemas, teatros, apresentações e similares também estarão autorizados, tendo que reduzir a capacidade da apresentação para no máximo 100 pessoas, ou 30% da capacidade do espaço. O horário de funcionamento dessas atividades deverá ser das 6h às 00h, devendo seguir os protocolos especificados pelas autoridades local. 

Também a partir da próxima segunda-feira (28), o governo decidiu alterar as cargas atribuídas aos serviços de alimentação como restaurantes, lanchonetes e cafeterias. As GERES que se encontram na etapa nove do plano de retomada, poderão ampliar para 70% da capacidade do estabelecimento, assim como o horário de funcionamento, que estava permitido até às 22h, passa a ser permitido das 6h até às 00h.

As cidades das GERES de Recife, Goiana, Limoeiro, Palmares e Caruaru, terão antecipadas essa nova carga para os serviços de alimentação já a partir desta quinta-feira (24).

As GERES 9 E 10, das cidades sede de Afogados da Ingazeira e Ouricuri, avançam para a etapa oito, podendo voltar a funcionar escritórios com 100% da capacidade de funcionários, museus e espaços de exposição sobre novos protocolos. 

“Desde o anúncio do nosso plano de convivência das atividades econômicas com a Covid-19, em 1º de junho, nós planejamos a entrada das etapas a partir das análises do comitê (do Gabinete de Crise) do comportamento da pandemia através das semanas epidemiológicas. Sempre buscamos encontrar o equilíbrio de permitir a volta das atividades, mas evitando o avanço do coronavírus", esclarece o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

Pernambuco está na 17ª semana desde o início do plano de convivência. Schwambach aponta que, a partir da próxima segunda-feira (28), o estado deve entrar na fase verde do plano, que corresponde a fase dois da matriz de risco da pandemia, que numa escala que vai de 1 a 5, Pernambuco chegou na cinco. 

O secretário Schwambach destaca ainda que cada GERES deve avançar de etapa no plano de convivência a cada 15 dias. Se tudo correr bem, todo estado deve estar em pleno funcionamento, com todos os setores normalizados, a partir do dia nove de novembro. "A etapa azul, que corresponde a etapa onze, a última etapa do nosso plano de convivência, é a que chamamos de 'novo normal'. Teremos todas as atividades econômicas permitidas a voltar a funcionar, sendo que com cargas específicas, pois enquanto não tivermos uma vacina, ou um medicamento eficaz, devemos aprender a viver com o coronavírus, sempre obedecendo os protocolos de funcionamento nos seus três eixos: higiene, distanciamento social e comunicação e monitoramento", pontua Bruno.


PUBLICIDADE