Pixabay
(Pixabay)

Brasil

Pastor xinga e agride a esposa durante live

Identificado como Edson Araújo, da Igreja Deus é Amor, ele não percebeu que estava ao vivo

por Lara Tôrres | sab, 19/09/2020 - 14:55

Um pastor identificado como Edson Araújo, da Igreja Deus é Amor, em São Paulo, foi flagrado durante uma live agredindo e xingando sua esposa, identificada como Débora, que costuma ajudar com a organização das lives. 

Sem saber que a transmissão ao vivo pelo Facebook já havia começado e incomodado ao achar o ângulo da câmara ruim, Edson se levanta e dá um tapa na mulher, o que se percebe quando o celular que ela segurava e filmava a cena balança. 

Além da agressão física, o pastor também ofende a esposa reclamando de como ela  estava arrumando a posição do equipamento. “Que saco! Arruma as coisas direito, imbecil, arruma o negócio direito”, diz ele. Em seguida, o pastor volta ao local onde estava sentado no começo da filmagem e diz “aceitem a paz do senhor” para iniciar a transmissão de leituras bíblicas e pregações.

Na página da Igreja Deus é Amor no Facebook, não foi possível encontrar o link da transmissão em questão. No entanto, é fácil constatar uma pressão por um posicionamento da igreja em relação à atitude violenta do pastor Edson Araújo contra a própria esposa. 

Nos comentários, vários usuários da rede social questionam a instituição religiosa sobre o fato e cobrar uma atitude. “E o pastor que agrediu a esposa? Amor? Amor é humilhar e bater na mulher? Esse crominoso tem que ir pra cadeia”, postou uma internauta. “Essa é a igreja que primeiro o pastor desce a mão na mulher e depois oferece a paz?? Se for o nome é bem paradoxal!”, escreveu outro usuário da rede social. 

LeiaJá também

--> 'Combate à violência contra a mulher' é tema de aulão

--> Luiza Brunet fala sobre agressões do ex-companheiro


PUBLICIDADE