Arquivo pessoal
(Arquivo pessoal)

Brasil

Enfermeira morre após fazer cirurgia estética no bumbum

Jéssyca Alencar tinha feito uma lipoescultura, procedimento estético que retira gordura da região abdominal para colocar nos glúteos

| sab, 19/09/2020 - 17:17

A enfermeira Jéssyca Alencar, de 27 anos morreu na última sexta-feira (18) após passar por uma lipoescultura no Hospital Unimed Primavera, em Teresina, no Piauí, cidade onde a vítima morava e trabalhava na Maternidade Dona Evangelina Rosa. 

O procedimento estético foi feito na quarta-feira (16). Segundo informações do site GP1, um amigo de Jéssyca, cuja identidade não foi revelada, conta que ela passou mal após a lipoescultura, procedimento cirúrgico/estético que retira gordura da região abdominal para colocar nos glúteos, tomou um suco e começou a passar mal. 

Em seguida, ainda segundo o amigo da vítima, Jéssica teria passado por uma segunda cirurgia na quinta-feira (17). O marido dela, que é médico e estava em São Luiz, capital do Maranhão, foi até o hospital acompanhar a cirurgia, mas ela não resistiu e veio a óbito na sexta-feira (18). Nas redes sociais, o Conselho Regional de Enfermagem do Piauí lamentou a morte precoce de Jéssica, que já prestou muitos serviços à saúde no estado. 

Em nota encaminhada ao site GP1, o Hospital Unimed Primavera preza pela segurança total dos pacientes e oferece toda a estrutura e profissionais necessários para o bom atendimento nos procedimentos e atendimentos realizados. Além disso, afirmou que não poderia repassar detalhes do procedimento realizado em Jéssyca Alencar. O LeiaJá tentou falar diretamente com o hospital, mas não conseguimos contato. Confira a nota na íntegra: 

LeiaJá também

--> Morreu porque tinha que morrer, diz médico da Mc Atrevida


PUBLICIDADE