Brasil

Motoboys protestam em frente ao condomínio de racista

A categoria se uniu por respeito e realizou um buzinaço na entrada do condomínio do contador Mateus Couto

por Victor Gouveia | sab, 08/08/2020 - 11:27

Após a atitude racista do contador Mateus Abreu Almeida Prado Couto, de 31 anos, contra o entregador Matheus Pires Barbosa, de 19, motoboys cobraram respeito em um buzinaço na manhã deste sábado (8). O grupo realizou o ato em frente ao condomínio de luxo do agressor, localizado em Valinhos, no interior de São Paulo.

O caso ficou conhecido após a repercussão de um vídeo, nessa sexta (7). Contudo, o episódio ocorreu no fim de julho, de acordo com o boletim de ocorrência envolvendo injúria racial, registrado no dia 31. Mesmo na delegacia, o contador continuou com as ofensas e precisou ser afastado em outro ambiente.

Relembre o caso:



--> Vídeo: homem chama motoboy de lixo e o humilha em serviço

Matheus relatou que o agressor já é conhecido pela categoria por fazer com que os entregadores entreguem a encomenda em sua porta, diferente da maioria dos clientes, que aguardam na portaria do condomínio. Ele revela que a confusão começou quando pontuou sobre a fama de Couto entre os motoboys.

De acordo com o R7, Couto fez ameaças ao entregador e afirmou que conhecia policiais, e teria membros da família no ciclo militar. O pai do acusado foi à delegacia e disse que o filho faz tratamento de esquizofrenia.

Confira




PUBLICIDADE