Brasil

Autoridades descobrem autor do perfil do Homem Pateta

Por meio das redes sociais, a imagem humanizada do personagem da Disney vem estimulando o suicídio de crianças

por Victor Gouveia | sex, 03/07/2020 - 10:36

A Polícia Civil do Distrito Federal descobriu a identidade do 'Homem Pateta', que induzia menores ao suicídio através das redes sociais e deixou pais em alerta. O perfil que se apresentava como Jonathan Galindo seria administrado por um italiano, que já está atrás das grades em seu país de origem, segundo a Interpol.

No último sábado (27), uma brasiliense, mãe de um menino de 10 anos, informou às autoridades que o filho trocou mensagens em inglês com um perfil desconhecido no Instagram. Ao notar o diálogo, ela deixou uma mensagem e teria sido respondida pelo criminoso: "Deixa ele jogar comigo. Logo depois você o verá morto. Cuide do seu filho ou eu vou fazê-lo se matar", escreveu.

Mesmo com a revelação, pais e responsáveis devem continuar em alerta, pois as autoridades acreditam que pode haver outros perfis que utilizam a imagem humanizada do personagem da Disney para atingir menores.

"Esses perfis têm poucas postagens e desafiam as pessoas a segui-los e enviar uma mensagem privada. Feito isso, é só esperar o retorno deles, que se dá através do envio de mensagens, vídeos, áudios ou até mesmo de uma ligação por vídeo ao vivo. O conteúdo da resposta tem a intenção de causar desconforto, medo e, em alguns casos, tenta provocar o suicídio", explica o agente a polícia de Santa Catarina, Ivan de Souza Castilhos, que também investiga o homem pateta há cerca de 15 dias.

Foto: Divulgação/Polícia Federal


PUBLICIDADE