LeiaJáImagens/Arquivo
Folião fantasiado de La Ursa e sombrinha de frevo (LeiaJáImagens/Arquivo )

Carnaval

Governo de Pernambuco afasta retorno do Carnaval

O secretário de Saúde, André Longo, disse que ainda é "cedo" para anunciar a festividade

por Victor Gouveia | sex, 19/11/2021 - 10:22

O Governo de Pernambuco tenta viabilizar condições seguras para realizar o Carnaval, mas afastou a possibilidade de a comemoração ser retomada no início de 2022. Nessa quinta-feira (18), o secretário de Saúde André Longo disse que ainda é "cedo" para uma definição sobre o assunto.

O índice de imunização completa da população ainda impede a realização da festividade que reúne milhares de pessoas no Estado. Além disso, o período da comemoração coincide com o de maior circulação de doenças respiratórias, o que dá margem para o adiamento.

LeiaJá também: Michele Collins quer suspender Carnaval do Recife

"Especialmente o Carnaval, que se realiza de forma concomitante, neste ano no final de fevereiro, com o período de sazonalidade das doenças respiratórias. Nós precisamos chegar em fevereiro com as melhores condições sanitárias possíveis. E, para isso, precisamos de mais de 90% da população vacinada com as duas doses e, pelo menos, dois milhões de pernambucanos, os mais vulneráveis, acima dos 55 anos, com a dose de reforço", afirmou o secretário.

Ele aponta que a pasta, através do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, acompanha o cenário da pandemia e discute semanalmente sobre as garantias para anunciar as comemorações.

Outro fator preocupante é a volta de medidas restritivas em países da Europa com um nome aumento de casos. "Nós estamos vendo situações como a de Portugal, que começa a ter aumento de pacientes internados. E Portugal se aproxima dos 90% de cobertura vacinal", alertou.


PUBLICIDADE