Educação

Inep: Enem 2021 terá questões já existentes no BNI

Provas do Enem estão marcadas para os dias 21 e 28 de novembro deste ano

por Nathan Santos | seg, 07/06/2021 - 18:19

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) deu início, nesta segunda-feira (7), à segunda etapa de qualificação dos futuros elaboradores e revisores de itens do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Participaram do curso a distância os classificados na chamada pública do edital de número 69, de 17 de dezembro de 2020. A autarquia alerta, porém, que a prova de 2021 usará questões que já existem no Banco Nacional de Itens (BC-BNI).

Como o Enem 2021 usará quesitos já existentes no BC-BNI, os elaboradores e revisores que estiveram na capacitação de hoje só deverão produzir questões em outra ocasião e para provas das próximas edições do Exame Nacional. Ao todo, o curso tem duração de 40 horas e apresenta aos futuros produtores os procedimentos técnicos exigidos na criação dos itens.

“Os professores aprovados na capacitação irão compor o Banco de Colaboradores do Banco Nacional de Itens (BC-BNI) para atuar na elaboração e na revisão pedagógica de itens do Enem dos próximos anos. Os novos colaboradores serão responsáveis por desenvolver questões das seguintes áreas: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; além de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias”, detalhou o Inep.

Sobre as provas do Enem 2021, elas serão realizadas, em suas versões impressa e digital, nos dias 21 e 28 de novembro deste ano. As inscrições terão início no dia 30 de junho, por meio da Página do Participante.


PUBLICIDADE