Julio Gomes/LeiaJáImagens/Arquivo
Candidatos devem ter feito o Enem (Julio Gomes/LeiaJáImagens/Arquivo)

Educação

Vagas remanescentes: Prouni encerra inscrições nesta terça

Resultado está previsto para o dia 7 de maio

por Rachel Andrade | ter, 04/05/2021 - 07:30

Terminam, nesta terça-feira (4), a inscrições para o processo seletivo das bolsas remanescentes do primeiro semestre de 2021 do Programa Universidade para Todos (Prouni). De acordo com o cronograma, o resultado está previsto para o dia 7 de maio, e os aprovados terão dos dias 10 a 13 do mesmo mês para enviar os documentos para validação da candidatura.

O Prouni permite o acesso ao ensino superior aos estudantes que não têm diploma de graduação, oferecendo bolsas integrais ou parciais, cobrindo 50% do valor da mensalidade, em instituições privadas de ensino. As bolsas remanescentes, que não foram preenchidas na seleção regular das instituições, somam o total de 107.992, sendo 33.609 integrais, e 74.383 parciais.

A princípio, podem se candidatar ao Prouni todos os estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010. No entanto, esse ano será a primeira edição em que a classificação será feita pela nota obtida pelo participante, considerando qualquer uma das edições apresentadas na candidatura.

Se o candidato realizou mais de um exame, será considerada a edição em que obteve a maior nota. Nas edições anteriores do programa, o critério de classificação era simplesmente temporal. A mudança se deu visando não prejudicar os concorrentes que venham a ter alguma dificuldade de conexão com a internet no momento de inscrição.

Para os fins de classificação, serão considerados os critérios mínimos de desempenho no Enem, que conta 450 pontos na média das provas, e nota superior a zero na redação. Os candidatos também deverão observar os critérios socioeconômicos do Prouni, que incluem comprovação de renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa.

Os candidatos às bolsas parciais devem apresentar renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. Além da comprovação de renda, é preciso que o candidato tenha concluído o ensino médio em escola da rede pública, ou na rede privada, como bolsista integral.

Outras condições de classificação se aplicam para pessoas com deficiência;  professores da rede pública de ensino, que estejam exercendo o magistério da educação básica e integram o quadro docente permanente de alguma instituição pública. O limite de renda exigido aos candidatos não se aplica a quem comprovar ser professor da rede pública. A seleção do Prouni para o 2º semestre de 2021 também contemplará os estudantes que, tendo perfil para disputar uma bolsa do programa, poderão utilizar a nota do Enem de 2020.


PUBLICIDADE