Divulgação/Jaboatão dos Guararapes
Investimento no sistema é de R$ 3 mil por escola (Divulgação/Jaboatão dos Guararapes )

Educação

Jaboatão inicia reconhecimento facial nas escolas

Pelo celular, pais receberão mensagens caso os alunos faltem aula. Conselho Tutelar também poderá ser acionado

por Nathan Santos | ter, 18/04/2017 - 18:05

As escolas de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, passarão a contar com uma tecnologia. Nesta terça-feira (18), a administração municipal lançou o controle de frequência estudantil por meio de reconhecimento facial, através do Sistema de Gestão Escolar.

Na prática, a presença dos alunos será registrada por meio de sensores tridimensionais instalados nas escolas municipais. De acordo com a Prefeitura de Jaboatão, se o estudante não comparecer na unidade de ensino até meia hora depois do fechamento dos portões, os responsáveis – previamente cadastrados – receberão mensagens via celular informando a ausência dos alunos.

A Prefeitura garante que os professores economizarão pelo menos 15 minutos do tempo de aula, uma vez que não deverão realizar a tradicional chamada. Além disso, o Conselho Tutelar será acionado caso o aluno falte cinco aulas seguidas, pois o sistema é interligado ao órgão.

Segundo o prefeito Anderson Ferreira, a tecnologia trará inúmeros benefícios para a educação. “Estamos implementando um sistema de gestão inovador e inédito em Pernambuco, que, com certeza, vai trazer resultados bastante positivos para o setor educacional da nossa cidade. E apesar de ser uma inovação tecnológica, o programa possui um custo muito baixo para os cofres do município, tendo em vista os benefícios que serão gerados, como, por exemplo, diminuição da evasão escolar e o aumento da sensação de segurança, uma vez que, agora, pais e responsáveis passarão a ter a certeza de que suas crianças estão, de fato, dentro das salas de aula”, declarou o gestor, conforme informações da assessoria de imprensa. 

O investimento no sistema é de R$ 3 mil por escola. De início, cerca de 2.500 estudantes serão atendidos, mas, de acordo com a Prefeitura de Jaboatão, esse número deve aumentar. A previsão é que as 138 escolas municipais da cidade sejam beneficiadas pela tecnologia.

O lançamento do sistema foi realizado na Escola Municipal Paulo Menelau, no bairro da Vila Sotave. Outras unidades que já contam com a tecnologia são Humberto Barradas (Engelho Velho), Paulino Menelau (Candeias), Eunício Félix (Jardim Jordão) e D’Emery Carneiro (Vila Dois Carneiros). 


PUBLICIDADE